Xiru Lautério "O PERSONAGEM MAIS BAGUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS BRASILEIRAS"

27 de jul de 2009

Segredos

Correm segredos por aí
Pedindo revelação
Circulam sinuosos
Cruzando rente
Junto a corredores
Pisos e rodapés

Se arrastam segredos
Pelas alfombras
Desvãos e calçadas
Deslizam por baixo das abas
Resvalam pelas escadas
E rampas

Correm segredos ansiosos
De confidências
Céleres procuram
vãos, buracos e frestas
Por onde possam
Se deixar avistar

Por aí correm segredos
De amores
De cumplicidade
De acordos
De justiça!

Correm segredos ansiosos
Por ciência e por luz
Por aí vagam
Segredos quase perdidos
Em busca de revelação

Vazam segredos
De tempos em tempos
Em sigilo, guardados,
Cuidadosamente criados
E mantidos
Por atos secretos.

Byrata / 27-07-09

Nenhum comentário: