Xiru Lautério "O PERSONAGEM MAIS BAGUAL DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS BRASILEIRAS"

29 de nov de 2010

HQ da Lenda de Sepé Tiaraju III

Pois, pois...

Sigo recebendo comunicações a respeito da HQ da Lenda de Sepé Tiaraju, coisa séria e de fundamento, o que demonstra o quanto é importante o assunto, apesar de que algumas pessoas não o considerem.
Como tenho dito por aí, os principais países do primeiro mundo perceberam desde ha muito tempo da importância das HQs, mas parece que nós, aqui no Brasil não nos damos conta disso. Ouso dizer que o estimulo e incentivo a produção de quadrinhos é questão de segurança nacional!

Bueno, o causo é que hoje recebi comunicação de William França, Diretor de Comunicação Institucional da Câmara de Deputados e de Luiz Gatto, roteirista e coordenador do projeto da HQ da Lenda de Sepé Tiaraju.

Mas que tal ein? Leiam abaixo, na íntegra e em primeira mão o texto da mensagem recebida:


Caro Byrata,
Encaminho abaixo comentário do autor da HQ da lenda de Sepé Tiaraju, publicitário Luiz Gatto, sobre texto publicado em "A Razão" do dia 25 de novembro.
Sei que já lhe foi enviada a ficha técnica com todos os nomes, mas considerei interessante que o próprio autor fizesse algumas considerações, uma vez que você questionou - com propriedade - quem seria o responsável pelo projeto.
Aproveito para informar-lhe que a revista agora tem também uma versão online, com um pdf para impressão , que está postada na Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados.
Contamos com sua ajuda para divulgar o link ( http://bd.camara.gov.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/4384/sepe_tiaraju.pdf?sequence=1 ). Há também um vídeo promocional da publicação, acessível no You Tube  (http://www.youtube.com/watch?v=5WwRLjB-MKU)  . 

Grato por sua atenção e interesse pelo nosso trabalho. Estamos à sua disposição.


William França
Diretor
Comunicação Institucional
Câmara dos Deputados
(61) 3216.1800

Caro Byrata

Recebi seu post sobre a HQ de Sepé Tiaraju. Na qualidade de roteirista e coordenador do projeto, gostaria de lhe agradecer, em nome de toda a equipe, pela preocupação com os artistas da revista. Esse “anonimato”, no entanto, foi uma opção nossa mesmo, pois o projeto foi o resultado de um trabalho de grupo, composto por roteiristas, desenhistas, colorizadores, revisores, letristas, diretores de arte e um consultor histórico, autor do livro “História do Rio Grande do Sul para jovens”, todos com igual importância para a realização da obra. Particularmente, acredito que esse grupo é ainda maior, pois nunca teríamos essa oportunidade sem a mobilização política que a tornou possível, sem os movimentos sociais de resgate das culturas indígenas, sem o apoio institucional da diretoria da Câmara dos Deputados.

Resumindo, esse foi um projeto de muitos autores  e que durou cerca de um ano e dois meses. O maior reconhecimento é saber que milhares de cópias dessa revista estão sendo impressas e distribuídas para jovens de todo o Brasil que, como nós, até então desconheciam um dos capítulos mais bonitos de nossa história. Esperamos que diversas reimpressões sejam feitas, e novas revistas, contando a história de outros de nossos heróis.

Se isso ajudar a forjar neles um sentido de identidade, se ajudar a recuperar a estima e a valorizar nossas minorias e seus tesouros culturais, nos sentiremos plenamente recompensados.

Nossos sinceros agradecimentos. 

Abraços, Luiz Gatto

Nenhum comentário: